7 maiores mitos sobre o mundo dos investimentos (o #3 todo mundo acredita)

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Não importa se você é um investidor iniciante ou um expert no assunto.

É muito provável que você acredite ou já tenha acreditado em alguns mitos dentro desse universo.

Isso acontece porque diversas informações falsas são disseminadas de forma tão intensa que acabam se tornando “verdades” para algumas pessoas.

Mas é preciso prestar bastante atenção para não ser enganado e cair em armadilhas.

Neste artigo do, vou apresentar os 7 maiores mitos do mundo dos investimentos e porque você não deveria acreditar neles.

Portanto, fique atento para aprender lições importantes, como:

  • Os pré-requisitos necessários para começar a investir
  • Os momentos certos para realizar alguns tipos de investimentos
  • A importância de escolher bem o seu tipo de investimento
  • A relação entre o dinheiro e a sua vontade de ganhá-lo
  • A importância de investir em você mesmo e na sua educação financeira

Eu tenho certeza que você vai ter aprendido muito depois que finalizar a leitura desse artigo, escrito pelo Ramiro Gomes Ferreira, do Clube do Valor.

7 maiores mitos sobre o mundo dos investimentos (o #3 todo mundo acredita)

Mas não guarde esse conhecimento apenas para você.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Compartilhe-o com os seus amigos e familiares!

Depois compartilhe comigo em qual ou quais desses mitos você acreditava.

Mito #1: é preciso ter muito dinheiro para investir

Uma das principais desculpas para quem ainda não começou investir é: não tenho dinheiro para esse tipo de coisa.

Esse discurso acaba eliminando o principal método para alcançar a independência financeira.

É verdade que a maioria das pessoas realmente não possui dinheiro o suficiente para lidar com suas próprias contas.

Porém, isso pode ser resultado da falta de planejamento.

Depois que você aprende algumas dicas pouco conhecidas para juntar dinheiro rápido mesmo ganhando pouco, esse quadro pode se inverter.

Mito #1: é preciso ter muito dinheiro para investir

Porém, mesmo que não sobre um tostão sequer no final do mês, você pode colocar em prática uma estratégia ensinada por Robert Kiyosaki em seu livro “Pai Rico, Pai Pobre”.

Trata-se da máxima “pague-se primeiro”.

Ao receber o seu salário ou qualquer outra fonte de rendimento, a primeira coisa que você deve fazer é separar uma quantia para ser investida em seu plano de independência financeira.

Se fizer isso, vai acabar se forçando a sobreviver com o restante do dinheiro ao mesmo tempo em que pavimenta o seu caminho para a liberdade financeira.

Mito #2: não é possível investir durante a crise

Tempos de crise realmente podem afetar negativamente a vida das pessoas.

Muitos perdem o emprego e outros tantos precisam fechar seus negócios.

Porém, algumas pessoas também enxergam oportunidades excelentes durante uma crise financeira.

Esse é o caso do setor de educação, que acaba recebendo uma grande quantidade de investimentos e alunos que procuram se profissionalizar.

Portanto, enquanto você está reclamando que não dá para investir em tempos de crise, outras pessoas estão “gastando dinheiro” com mais educação.

Lembre-se: você é o melhor investimento que você mesmo pode fazer hoje e sempre.

Mito #3: a poupança é o investimento mais seguro que existe

Esse com certeza é um dos maiores mitos dentro do universo das finanças.

E desmistificá-lo é mais fácil do que parece.

Afinal, alguns especialistas nem ao menos consideram a Caderneta de Poupança como um tipo de investimento já que ela pode não ser capaz de proteger o patrimônio da corrosiva inflação.

É verdade que a poupança é um método seguro para poupar dinheiro.

Mas trata-se apenas de um “colchão de liquidez” para momentos de emergência.

Atualmente, um dos investimentos mais seguros que existe é a compra de títulos públicos através do programa Tesouro Direto.

Eu já falei sobre esse assunto de forma bastante completa neste artigo.

Mito #3: a poupança é o investimento mais seguro que existe

Mito #4: é preciso ter sorte para ganhar na Bolsa de Valores

O mercado de ações realmente parece ser um bicho de sete cabeças em um primeiro momento.

Porém, com estudo e dedicação é possível dominar esse tipo de investimento e ganhar bastante dinheiro com algumas ações planejadas.

É verdade que o fator sorte está envolvido.

Afinal, não há como prever todos os aspectos atrelados a um papel dentro desse mercado.

Portanto, a sorte pode influenciar os seus resultados no mercado de ações, mas não vai determinar o seu sucesso.

Mito #5: investir em imóveis sempre é uma boa estratégia

Outro mito bastante comum é achar que investir em imóveis é sempre uma boa ideia.

Isso acontece porque os imóveis representam um tipo de investimento bastante seguro e que está fisicamente em posse da pessoa.

Porém, isso não é o suficiente para fazer com que ele seja obrigatoriamente uma modalidade sempre preferível para investidores.

Quando estamos inseridos dentro das chamadas Bolhas Imobiliárias, as pessoas veem o quão difícil é vender um imóvel pelo seu preço de mercado.

Isso acaba obrigando a pessoa a negociar valores mais baixos para concretizar a transação, desvalorizando bastante o bem que poderia valer muito mais.

Mito #5: investir em imóveis sempre é uma boa estratégia

Portanto, não acredite na falácia de que investir em imóveis é sempre uma boa estratégia.

Como já sabemos, a escolha do investimento correto depende de uma série de fatores e todos eles devem ser analisados na hora de decidir para onde vai o seu dinheiro.

Mito #6: é possível ganhar dinheiro com investimentos gastando apenas alguns minutos de trabalho por dia

Esse mito tem uma parcela de verdade.

Depois que você tiver uma estratégia muito bem definida e seu dinheiro estiver muito bem aplicado, é realmente possível dedicar apenas alguns minutos por dia para organizar suas finanças e ainda ganhar dinheiro com isso.

Porém, é preciso considerar todo o tempo e esforço despendido até que esse ponto seja atingido.

É preciso ter dedicação e disciplina para construir uma verdadeira fortaleza que vai te sustentar e ainda exigir bem pouca manutenção.

Sim, é possível, mas isso não vai acontecer da noite para o dia.

É por isso que essa frase solta, sem considerar todo o aprendizado e histórico da pessoa, é um mito bastante fácil de acreditar.

Mito #7: para ganhar dinheiro com investimentos é preciso ser um expert em todas as áreas de finanças

Complementando o mito anterior, vale ressaltar que não é preciso dominar todas as áreas de finanças para começar a ganhar algum dinheiro com investimentos.

Na realidade, uma boa estratégia é se focar apenas em algumas modalidades, especializando-se para pode tirar o máximo possível de lucro de cada uma delas.

É como diz o velho ditado:

“Se você não sabe para onde ir, qualquer lugar está bom”.

Portanto, tenha consciência de seus objetivos financeiros e escolha os investimentos que melhor se adequam às suas necessidades.

Pode ter certeza de que há uma modalidade que se encaixa perfeitamente dentro do seu perfil de investidor.

Mito #7: para ganhar dinheiro com investimentos é preciso ser um expert em todas as áreas de finanças

Conclusão

Ainda há muitos outros mitos que poderiam ser discutidos neste artigo.

Porém, vamos deixar vou deixar para desmistificá-los em outro momento.

Por hora, o que eu quero saber é: você por acaso acreditava em algum dos mitos que eu citei aqui neste texto?

Se sim, conte-me um pouco mais sobre algumas das verdades que o impedem de progredir no mundo dos investimentos.

Tenho certeza de que eu posso ajudá-lo a caminhar por essa tortuosa, mas recompensadora jornada.

E se você gostou deste artigo, tenho certeza que você irá gostar muito de ser alertado sobre estas 8 mentiras que contam sobre investimentos para iniciantes e que podem arruinar seu patrimônio!

Por Ramiro Gomes Ferreira, do Clube do Valor.

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário