7 dicas para fazer investimentos inteligentes

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Sobrou um dinheiro e quer fazer ele render? Essa é uma ótima maneira de investir, porém, não pode sair arriscando e correr o risco de perder. Não existe uma regra de qual o melhor investimento e nem de que maneira deve-se investir. Existem algumas análises que devem ser feitas para conseguir garantir um investimento inteligente.

7 dicas para fazer investimentos inteligentes

7 dicas para fazer investimentos inteligentes

  1. Conheça o seu perfil

Qual e seu perfil de investidos: conservador, moderado ou agressivo? Com base nessa resposta, será determinado o quanto está disposto a arriscar em busca de uma boa rentabilidade. É preciso saber onde está disposto a ir para encontrar o investimento ideal.

  1. Saiba o porquê está investindo

Você resolveu juntar dinheiro e fazê-lo trabalhar por você por algum motivo. Então, é preciso ter ele bem definido. Pode ser para viajar daqui a um período, comprar um carro, uma casa ou ter uma aposentadoria tranquila. Não importa o motivo, é preciso ter bem definido os objetivos.

  1. O tempo do investimento

Alguns investimentos só são interessantes se ocorrem por longo prazo, já outros, podem durar um tempo menor. Cada aplicação pode exigir um prazo mínimo, e nesse período, o seu dinheiro ficará rendendo, porém, retido.

  1. Invista em mais de uma aplicação

Principalmente as aplicações de renda variável, podem te pegar de surpresa. A dica é sempre dividir o valor que possui a aplicar em mais de uma carteira. Assim, se uma não estiver rendendo muito, a outra pode acabar compensando.

  1. Pesquise antes de investir

É preciso pesquisar antes de começar a investir. Essa busca deve abranger, não apenas quais são as opções de investimento disponíveis, como as instituições financeiras. Veja quais são as aplicações que lhe parecem mais atrativas e as considere como opção.

Faça uma busca sobre as instituições disponíveis no mercado, elas podem estar ligadas diretamente ao seu banco ou serem corretoras avulsas. Pesquise a credibilidade e também as taxas praticadas.

  1. Saiba que o dinheiro investido não está disponível

Se o dinheiro está investido, você não deve ficar contando com ele antes do prazo ou para outra coisa que não seja o seu objetivo inicial. Por isso, não conte com ele para fazer outras aplicações ou compras.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

  1. Sempre conte com a ajuda de um especialista

Principalmente se está começando e não possui conhecimento do mercado, é melhor contar com a ajuda de um especialista. Além disso, é preciso conhecer muito bem as opções e as que melhor se encaixam no seu perfil. Por isso, não se deixe levar pelos sentimento, nesse momento é preciso ser racional.

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário